.Radio Mais

.Veja no blog da Radio Mais

Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013

Brasil iniciará criação de novo acelerador de partículas ainda em 2013

SiriusUnidade deverá ser localizada em Campinas
Brasil deverá começar a construir a terceira geração de um acelerador de elétrons ainda neste ano. O equipamento, batizado de Sirius, será feito no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas.

“Será uma facilidade aberta que atenderá às mais diversas áreas da ciência, desde medicina, biofísica, biotecnologia, biologia molecular e estrutural, até paleontologia, ciências dos materiais, agricultura e nanotecnologia”, disse Antonio José Roque da Silva, diretor do LNLS, e entrevista à agência FAPESP.

Com expectativa de conclusão prevista para 2016, o projeto tem custo estimado em R$ 650 milhões. Segundo Roque da Silva, até o momento, o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) investiu cerca de R$ 55 milhões.

O equipamento será capaz de emitir radiações com mais brilho e maior resolução do que os da atual geração fazem. Único na América Latina, ele ainda será capaz de trabalhar em diferentes frequências, desde o infravermelho até o Raio X.

Com isso, é possível estudar a estrutura atômica de variados materiais e descobrir como suas partículas se distribuem e estão interligadas.

A energia final dos elétrons deverá ser mais do que o dobro dos aceleradores atuais emitem, que é de 1,37 GeV (gigaelétron-volt). O Sirius também ampliará a faixa de alcance para os raios X duros (o penúltimo no espectro eletromagnético), o que permitirá penetrar estruturas mais espessas.

“Para entender a diferença entre os raios X emitidos por uma máquina comum usada na medicina e a radiação emitida pelo síncrotron, podemos comparar o feixe de luz de uma lanterna com o de uma ponteira a laser, que tem divergência muito menor”, explicou Roque da Silva.

Outro diferencial é que, enquanto os demais equipamentos do tipo usam eletroímãs, o Sirius está inteiramente baseado no sistema de ímãs permanentes, reduzindo a necessidade de cabos de alimentação.

Para Roque da Silva, e expectativa é que grandes pesquisadores de todo o mundo, como a israelense Ada Yonath – vencedora do Nobel de Química em 2009 – ou o norte-americano Briak Kbilka – premiado em 2012 por descobrir um novo tipo de receptor celular – sejam atraídos ao Brasil.

Em julho, o projeto executivo, que contém todas as informações de infraestrutura necessárias para o início das obras do acelerador, deverá ficar pronto. 

O que você acha disso? deixa a sua opinião.

Noticia retirada do Olhar Digital


google-site-verification: googlea58db9f6ce61627b.html

publicado por radiomaisto às 18:30
link do post | comentar | favorito
partilhar

Brasil iniciará criação de novo acelerador de partículas ainda em 2013

SiriusUnidade deverá ser localizada em Campinas
Brasil deverá começar a construir a terceira geração de um acelerador de elétrons ainda neste ano. O equipamento, batizado de Sirius, será feito no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas.

“Será uma facilidade aberta que atenderá às mais diversas áreas da ciência, desde medicina, biofísica, biotecnologia, biologia molecular e estrutural, até paleontologia, ciências dos materiais, agricultura e nanotecnologia”, disse Antonio José Roque da Silva, diretor do LNLS, e entrevista à agência FAPESP.

Com expectativa de conclusão prevista para 2016, o projeto tem custo estimado em R$ 650 milhões. Segundo Roque da Silva, até o momento, o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) investiu cerca de R$ 55 milhões.

O equipamento será capaz de emitir radiações com mais brilho e maior resolução do que os da atual geração fazem. Único na América Latina, ele ainda será capaz de trabalhar em diferentes frequências, desde o infravermelho até o Raio X.

Com isso, é possível estudar a estrutura atômica de variados materiais e descobrir como suas partículas se distribuem e estão interligadas.

A energia final dos elétrons deverá ser mais do que o dobro dos aceleradores atuais emitem, que é de 1,37 GeV (gigaelétron-volt). O Sirius também ampliará a faixa de alcance para os raios X duros (o penúltimo no espectro eletromagnético), o que permitirá penetrar estruturas mais espessas.

“Para entender a diferença entre os raios X emitidos por uma máquina comum usada na medicina e a radiação emitida pelo síncrotron, podemos comparar o feixe de luz de uma lanterna com o de uma ponteira a laser, que tem divergência muito menor”, explicou Roque da Silva.

Outro diferencial é que, enquanto os demais equipamentos do tipo usam eletroímãs, o Sirius está inteiramente baseado no sistema de ímãs permanentes, reduzindo a necessidade de cabos de alimentação.

Para Roque da Silva, e expectativa é que grandes pesquisadores de todo o mundo, como a israelense Ada Yonath – vencedora do Nobel de Química em 2009 – ou o norte-americano Briak Kbilka – premiado em 2012 por descobrir um novo tipo de receptor celular – sejam atraídos ao Brasil.

Em julho, o projeto executivo, que contém todas as informações de infraestrutura necessárias para o início das obras do acelerador, deverá ficar pronto. 

O que você acha disso? deixa a sua opinião.

Noticia retirada do Olhar Digital


google-site-verification: googlea58db9f6ce61627b.html

publicado por radiomaisto às 18:30
link do post | comentar | favorito
partilhar

Ônibus de SP podem ganhar sistema de pagamentos via celular

Pagamento via celularÓrgão que administra o setor estuda a possibilidade
Num futuro distante os moradores da cidade de São Paulo talvez possam pagar pelas passagens de ônibus sem precisar do Bilhete Único ou de dinheiro. Bastará usar um aparelho celular.

A ideia está em análise pela São Paulo Transporte (SPTrans) desde dezembro, de acordo com O Estado de S.Paulo, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para que chegue a ser implementada. Isso porque seria necessário desenvolver toda uma cadeia tecnológica para fazer o sistema entrar em funcionamento.

O técnico José Aécio de Souza, da Supervisão de Atendimento e Comercialização da SPTrans, assina um documento publicado no mês passado em que avalia ser necessário viabilizar um ecossistema que una Prefeitura, fabricantes de celular, operadoras de telefonia e bancos.

Souza reconhece que a ideia pode ser complicada, mas que é possível de ser executada, pouco a pouco, e que seu desenvolvimento é tão viável quanto foi a adoção da telefonia pré-paga no País. "Vale lembrar que, no início da telefonia móvel no Brasil, não existiam", escreveu, destacando que o próprio Bilhete Único, de 2004, foi uma evolução na cidade.

Noticia retirada do Olhar Digital

publicado por radiomaisto às 09:00
link do post | comentar | favorito
partilhar

Ônibus de SP podem ganhar sistema de pagamentos via celular

Pagamento via celularÓrgão que administra o setor estuda a possibilidade
Num futuro distante os moradores da cidade de São Paulo talvez possam pagar pelas passagens de ônibus sem precisar do Bilhete Único ou de dinheiro. Bastará usar um aparelho celular.

A ideia está em análise pela São Paulo Transporte (SPTrans) desde dezembro, de acordo com O Estado de S.Paulo, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para que chegue a ser implementada. Isso porque seria necessário desenvolver toda uma cadeia tecnológica para fazer o sistema entrar em funcionamento.

O técnico José Aécio de Souza, da Supervisão de Atendimento e Comercialização da SPTrans, assina um documento publicado no mês passado em que avalia ser necessário viabilizar um ecossistema que una Prefeitura, fabricantes de celular, operadoras de telefonia e bancos.

Souza reconhece que a ideia pode ser complicada, mas que é possível de ser executada, pouco a pouco, e que seu desenvolvimento é tão viável quanto foi a adoção da telefonia pré-paga no País. "Vale lembrar que, no início da telefonia móvel no Brasil, não existiam", escreveu, destacando que o próprio Bilhete Único, de 2004, foi uma evolução na cidade.

Noticia retirada do Olhar Digital

publicado por radiomaisto às 09:00
link do post | comentar | favorito
partilhar

Ônibus de SP podem ganhar sistema de pagamentos via celular

Pagamento via celularÓrgão que administra o setor estuda a possibilidade
Num futuro distante os moradores da cidade de São Paulo talvez possam pagar pelas passagens de ônibus sem precisar do Bilhete Único ou de dinheiro. Bastará usar um aparelho celular.

A ideia está em análise pela São Paulo Transporte (SPTrans) desde dezembro, de acordo com O Estado de S.Paulo, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para que chegue a ser implementada. Isso porque seria necessário desenvolver toda uma cadeia tecnológica para fazer o sistema entrar em funcionamento.

O técnico José Aécio de Souza, da Supervisão de Atendimento e Comercialização da SPTrans, assina um documento publicado no mês passado em que avalia ser necessário viabilizar um ecossistema que una Prefeitura, fabricantes de celular, operadoras de telefonia e bancos.

Souza reconhece que a ideia pode ser complicada, mas que é possível de ser executada, pouco a pouco, e que seu desenvolvimento é tão viável quanto foi a adoção da telefonia pré-paga no País. "Vale lembrar que, no início da telefonia móvel no Brasil, não existiam", escreveu, destacando que o próprio Bilhete Único, de 2004, foi uma evolução na cidade.

Noticia retirada do Olhar Digital

publicado por radiomaisto às 03:00
link do post | comentar | favorito
partilhar

Ônibus de SP podem ganhar sistema de pagamentos via celular

Pagamento via celularÓrgão que administra o setor estuda a possibilidade
Num futuro distante os moradores da cidade de São Paulo talvez possam pagar pelas passagens de ônibus sem precisar do Bilhete Único ou de dinheiro. Bastará usar um aparelho celular.

A ideia está em análise pela São Paulo Transporte (SPTrans) desde dezembro, de acordo com O Estado de S.Paulo, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido para que chegue a ser implementada. Isso porque seria necessário desenvolver toda uma cadeia tecnológica para fazer o sistema entrar em funcionamento.

O técnico José Aécio de Souza, da Supervisão de Atendimento e Comercialização da SPTrans, assina um documento publicado no mês passado em que avalia ser necessário viabilizar um ecossistema que una Prefeitura, fabricantes de celular, operadoras de telefonia e bancos.

Souza reconhece que a ideia pode ser complicada, mas que é possível de ser executada, pouco a pouco, e que seu desenvolvimento é tão viável quanto foi a adoção da telefonia pré-paga no País. "Vale lembrar que, no início da telefonia móvel no Brasil, não existiam", escreveu, destacando que o próprio Bilhete Único, de 2004, foi uma evolução na cidade.

Noticia retirada do Olhar Digital

publicado por radiomaisto às 03:00
link do post | comentar | favorito
partilhar
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2013

Vamos fazer uma parceria divulgue conosco.

Deixe aqui sua sugestão de parceria. Adicione o nosso banner e depois deixe aqui o link do seu site ou blog, para que possamos adiciona-lo aqui no blog da radio mais.

E isso ai mesmo todos que adicionar a radio mais em seu site ou blog e deixa o link aqui, iremos adicionar aqui.

Será como troca de banner.
   
Entre aqui em Parcerias.
tags:

publicado por radiomaisto às 21:15
link do post | comentar | favorito
partilhar

Vamos fazer uma parceria divulgue conosco.

Deixe aqui sua sugestão de parceria. Adicione o nosso banner e depois deixe aqui o link do seu site ou blog, para que possamos adiciona-lo aqui no blog da radio mais.

E isso ai mesmo todos que adicionar a radio mais em seu site ou blog e deixa o link aqui, iremos adicionar aqui.

Será como troca de banner.
   
Entre aqui em Parcerias.
tags:

publicado por radiomaisto às 21:15
link do post | comentar | favorito
partilhar

Tratamento alternativo com água promete cura de doenças e rejuvenescimento celular


  • O pH da água alcalina é um dos diferenciais da água hexagonal e é também o que promete o rejuvenescimento
    O pH da água alcalina é um dos diferenciais da água hexagonal e é também o que promete o rejuvenescimento
Ela é pouco conhecida no Brasil e polêmica entre a comunidade científica, mas promete uma revolução no organismo. Trata-se da água hexagonal, famosa em outros países por suas propriedades curativas, efeitos medicinais e, até mesmo, porque teria o poder de retardar o envelhecimento.

Frederico Cesarino, 35, é engenheiro mecânico e produz sua própria água hexagonal para combater dores estomacais. "Eu sofria de uma acidez crônica no estômago e nunca mais as tive a partir do momento que passei a tomar água hexagonal quase todo o tempo. Também sinto que hoje tenho mais disposição que há cinco anos", diz.

Ele conheceu a água hexagonal nos Estados Unidos por meio do dono da empresa onde trabalhava. "Meu ex-patrão tinha 92 anos, na época, e uma vitalidade incrível. Uma vez ele me disse que o que lhe dava energia era vinho tinto e água hexagonal."

A curiosidade fez com que o engenheiro pesquisasse como produzir sua própria água hexagonal. "Comprei um kit de medição de pH, um ionizador/deionizador (equipamentos usados em piscinas que repõem ou removem íons da água) e com a ajuda de um amigo químico peguei algumas dicas sobre composição química da água. Uso água destilada para esse processo, que leva uma noite toda para corrigir o pH, tornando-a alcalina, e ajustar a configuração das moléculas para ficarem hexagonais".
O pH da água alcalina (acima de 7,5) é um dos diferenciais da água hexagonal e é também o que promete, segundo seus adeptos, o rejuvenescimento celular. A estrutura é composta por seis moléculas individuais de água ligadas por hidrogênio, formando um hexágono, daí o nome "hexagonal". Isso facilita a absorção de nutrientes das células e melhora o aproveitamento da água no organismo.
Tratamento não é reconhecido

Mas há o outro lado dessa revolução. O PhD em engenharia sanitária e ambiental Frederico Lage Filho alerta para os cuidados com o excesso de alcalinidade no organismo: "Deve-se ter cautela com o alto teor de sais, principalmente pessoas com tendência a terem cálculo renal, pois os sais são resíduos sólidos que ficam presos nos rins durante a filtragem do sangue e podem se acumular com o tempo. Não é um tipo de água recomendada para tomar constantemente".

Assim como a água hexagonal, outros tipos são considerados terapêuticos. Porém, por conter mais sais minerais, podem causar alterações intestinais ou até mesmo desconforto no estômago, se ingeridas em excesso.
"Conhecendo melhor as características de cada água, como as mais alcalinas, por exemplo, poderemos usar esse conhecimento na adaptação de receitas, melhorando molhos, caldos e neutralizando a acidez", afirma o diretor de nutrição do Hospital do Coração, Daniel Magnoni.
Noticia retirada do UOL


publicado por radiomaisto às 20:09
link do post | comentar | favorito
partilhar

Tratamento alternativo com água promete cura de doenças e rejuvenescimento celular


  • O pH da água alcalina é um dos diferenciais da água hexagonal e é também o que promete o rejuvenescimento
    O pH da água alcalina é um dos diferenciais da água hexagonal e é também o que promete o rejuvenescimento
Ela é pouco conhecida no Brasil e polêmica entre a comunidade científica, mas promete uma revolução no organismo. Trata-se da água hexagonal, famosa em outros países por suas propriedades curativas, efeitos medicinais e, até mesmo, porque teria o poder de retardar o envelhecimento.

Frederico Cesarino, 35, é engenheiro mecânico e produz sua própria água hexagonal para combater dores estomacais. "Eu sofria de uma acidez crônica no estômago e nunca mais as tive a partir do momento que passei a tomar água hexagonal quase todo o tempo. Também sinto que hoje tenho mais disposição que há cinco anos", diz.

Ele conheceu a água hexagonal nos Estados Unidos por meio do dono da empresa onde trabalhava. "Meu ex-patrão tinha 92 anos, na época, e uma vitalidade incrível. Uma vez ele me disse que o que lhe dava energia era vinho tinto e água hexagonal."

A curiosidade fez com que o engenheiro pesquisasse como produzir sua própria água hexagonal. "Comprei um kit de medição de pH, um ionizador/deionizador (equipamentos usados em piscinas que repõem ou removem íons da água) e com a ajuda de um amigo químico peguei algumas dicas sobre composição química da água. Uso água destilada para esse processo, que leva uma noite toda para corrigir o pH, tornando-a alcalina, e ajustar a configuração das moléculas para ficarem hexagonais".
O pH da água alcalina (acima de 7,5) é um dos diferenciais da água hexagonal e é também o que promete, segundo seus adeptos, o rejuvenescimento celular. A estrutura é composta por seis moléculas individuais de água ligadas por hidrogênio, formando um hexágono, daí o nome "hexagonal". Isso facilita a absorção de nutrientes das células e melhora o aproveitamento da água no organismo.
Tratamento não é reconhecido

Mas há o outro lado dessa revolução. O PhD em engenharia sanitária e ambiental Frederico Lage Filho alerta para os cuidados com o excesso de alcalinidade no organismo: "Deve-se ter cautela com o alto teor de sais, principalmente pessoas com tendência a terem cálculo renal, pois os sais são resíduos sólidos que ficam presos nos rins durante a filtragem do sangue e podem se acumular com o tempo. Não é um tipo de água recomendada para tomar constantemente".

Assim como a água hexagonal, outros tipos são considerados terapêuticos. Porém, por conter mais sais minerais, podem causar alterações intestinais ou até mesmo desconforto no estômago, se ingeridas em excesso.
"Conhecendo melhor as características de cada água, como as mais alcalinas, por exemplo, poderemos usar esse conhecimento na adaptação de receitas, melhorando molhos, caldos e neutralizando a acidez", afirma o diretor de nutrição do Hospital do Coração, Daniel Magnoni.
Noticia retirada do UOL


publicado por radiomaisto às 20:09
link do post | comentar | favorito
partilhar

.Visita

contador de visitantes

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Melhores apps de Windows ...

. Infográfico mostra a traj...

. Game of Thrones, Imagens ...

. COM TRÊS GOLS DE HENRIQUE...

. Valdivia explica "desabaf...

. Confira a sinopse do segu...

. Saga Crepúsculo ganhará c...

. Orkuti: brasileiro cria r...

. 10 curiosidades muito int...

. As 17 árvores mais incrív...

.arquivos

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.links

.Noticia 1

.Previsão do Tempo

.as minhas fotos

.subscrever feeds

SAPO Blogs