.Radio Mais

.Veja no blog da Radio Mais


Segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

Dicas para ser uma tigresa na cama e sensualizar sem medo

Dicas para ser uma tigresa na cama e sensualizar sem medo - 1 (© Thinkstock)

A gata ataca
Surpreenda-o com alguns beliscõezinhos ou toque-o intimamente, posicionando-se por trás. Sussurre suas intenções ao seu ouvido, enlace-o com a perna puxando-o para mais perto.

Dicas para ser uma tigresa na cama e sensualizar sem medo - 1 (© Thinkstock)

Planejamento e ação
Planeje tudo, deixando tudo certo e à mão para surpreendê-lo. O que você fará? Um ataque de surpresa? Espere-o prontinha para a ação e o agarre quando ele entrar.

Dicas para ser uma tigresa na cama e sensualizar sem medo - 1 (© Thinkstock)

Capriche no visual
Adquira algumas peças novas para o seu enxoval de fera. Se é para surpreendê-lo, nada de se apresentar com aquela “roupitcha” mais que conhecida. Invista em algumas lingeries bem provocantes, adereços e outras pecinhas.

Dicas para ser uma tigresa na cama e sensualizar sem medo - 1 (© Thinkstock)
Virando uma tigresa na cama
Convença-se! Liberar a fera que se encontra aprisionada dentro de você requer vontade. Portanto pense a respeito, arquitete seus próximos passos, antes de sair para a ação. Afinal, tigres, estudam a presa, o ambiente e as condições antes do ataque certeiro!

Veja mais no Tempo de Mulher



publicado por radiomaisto às 20:58
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Domingo, 27 de Julho de 2014

15 dúvidas sobre sexo na vida a dois

Sexólogas respondem 15 questões sobre vida sexual na relação - 1 (© Foto: Thinkstock)

Sexólogas respondem 15 questões sobre vida sexual na relação  



Ah, a vida sexual na relação. No começo é aquela maravilha: a empolgação é tamanho que não dá para controlar! Vai na sala, no quarto, no banheiro e, se duvidar, até na escada do prédio. Depois de um tempo, o ritmo não é mais o mesmo, embora a coisa ainda pegue fogo na cama. Mas depois de muito tempo de namoro ou casamento, a vida sexual esfria ainda mais. E com essa geladeira sexual vem uma eternidade de dúvidas sobre o futuro do relacionamento.
Outra ocasião é quando um dos parceiros já não tem a mesma pegada na cama. Neste caso, até quando será possível conciliar ritmos sexuais diferentes [quando um sente mais ou menos desejo que o outro]? E como um casal pode sair da crise sexual? Quais os primeiros sinais de que a vida sexual começou a esfriar? E se o namorado não tem pegada na cama, o que fazer? Qual a frequência de relações sexuais ideal?
Essas e muitas outras perguntas deixam homens e mulheres imersos num turbilhão de dúvidas sobre a relação e que atitudes tomar. Então, para te ajudar, o Tempo de Mulher convocou a sexóloga e personal sexy do Labareda Boutique, Karina Brum, e a ginecologista e sexóloga Carolina Ambrogini, para responder algumas das indagações mais frequentes que todo casal tem quando o sexo esfria de vez.


Sexólogas respondem 15 questões sobre vida sexual na relação - 1 (© Foto: Thinkstock)

É possível conciliar ritmos sexuais diferentes?
Karina Brum: Eu não acredito que seja possível. O casal sempre terá de dialogar muito e manter a balança sexual equilibrada. Quando se pretende manter uma vida sexual ativa e satisfatória você preza muito pelo prazer do outro. Se em algum momento isso for difícil de entender e aceitar, o casal enfrentará problemas sérios.
Carolina Ambrogini: Sim, basta o casal conversar sobre estas diferenças e fazer um combinado que agrade a ambos. Afinal, é preciso compreender que não se trata de falta de amor e sim de necessidades sexuais diferentes. Numa relação pautada pelo respeito, isto não deve ser motivo para desentendimentos.

Sexólogas respondem 15 questões sobre vida sexual na relação - 1 (© Foto: Thinkstock)

Pessoas de temperamentos opostos podem ter boa sintonia sexual?
Karina Brum: Sim, sem dúvida. Na cama eles vão se conectar e transformar toda tensão em energia. Basta haver um bom diálogo e vontade de dar prazer.
Carolina Ambrogini: Geralmente este tipo de casal tem uma boa sintonia sexual, pois o que é diferente no outro pode ser altamente atraente. Mesmo um casal que briga muito, a agressividade pode ser uma forma de atração física. O difícil, neste caso, é continuarem juntos com tantas desavenças no dia a dia.

Veja mais no  Tempo de Mulher



publicado por radiomaisto às 21:04
link do post | comentar | favorito
| partilhar

15 dúvidas sobre sexo na vida a dois

Sexólogas respondem 15 questões sobre vida sexual na relação - 1 (© Foto: Thinkstock)

Sexólogas respondem 15 questões sobre vida sexual na relação  



Ah, a vida sexual na relação. No começo é aquela maravilha: a empolgação é tamanho que não dá para controlar! Vai na sala, no quarto, no banheiro e, se duvidar, até na escada do prédio. Depois de um tempo, o ritmo não é mais o mesmo, embora a coisa ainda pegue fogo na cama. Mas depois de muito tempo de namoro ou casamento, a vida sexual esfria ainda mais. E com essa geladeira sexual vem uma eternidade de dúvidas sobre o futuro do relacionamento.
Outra ocasião é quando um dos parceiros já não tem a mesma pegada na cama. Neste caso, até quando será possível conciliar ritmos sexuais diferentes [quando um sente mais ou menos desejo que o outro]? E como um casal pode sair da crise sexual? Quais os primeiros sinais de que a vida sexual começou a esfriar? E se o namorado não tem pegada na cama, o que fazer? Qual a frequência de relações sexuais ideal?
Essas e muitas outras perguntas deixam homens e mulheres imersos num turbilhão de dúvidas sobre a relação e que atitudes tomar. Então, para te ajudar, o Tempo de Mulher convocou a sexóloga e personal sexy do Labareda Boutique, Karina Brum, e a ginecologista e sexóloga Carolina Ambrogini, para responder algumas das indagações mais frequentes que todo casal tem quando o sexo esfria de vez.


Sexólogas respondem 15 questões sobre vida sexual na relação - 1 (© Foto: Thinkstock)

É possível conciliar ritmos sexuais diferentes?
Karina Brum: Eu não acredito que seja possível. O casal sempre terá de dialogar muito e manter a balança sexual equilibrada. Quando se pretende manter uma vida sexual ativa e satisfatória você preza muito pelo prazer do outro. Se em algum momento isso for difícil de entender e aceitar, o casal enfrentará problemas sérios.
Carolina Ambrogini: Sim, basta o casal conversar sobre estas diferenças e fazer um combinado que agrade a ambos. Afinal, é preciso compreender que não se trata de falta de amor e sim de necessidades sexuais diferentes. Numa relação pautada pelo respeito, isto não deve ser motivo para desentendimentos.

Sexólogas respondem 15 questões sobre vida sexual na relação - 1 (© Foto: Thinkstock)

Pessoas de temperamentos opostos podem ter boa sintonia sexual?
Karina Brum: Sim, sem dúvida. Na cama eles vão se conectar e transformar toda tensão em energia. Basta haver um bom diálogo e vontade de dar prazer.
Carolina Ambrogini: Geralmente este tipo de casal tem uma boa sintonia sexual, pois o que é diferente no outro pode ser altamente atraente. Mesmo um casal que briga muito, a agressividade pode ser uma forma de atração física. O difícil, neste caso, é continuarem juntos com tantas desavenças no dia a dia.

Veja mais no  Tempo de Mulher



publicado por radiomaisto às 21:04
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Quarta-feira, 12 de Junho de 2013

Como construir uma relação a dois baseada na Honestidade


Alguns casais fazem acordos de pequenas exceções de fidelidade sexual ou que possibilite mais liberdade, sem que seja preciso mentir. No acerto, há uma coisa que não pode ser quebrada: a honestidade.
Estudos mostram que entre 30% e 60% dos indivíduos casados nos Estados Unidos terão um caso fora do casamento em algum momento da vida. A infidelidade tem aumentado significativamente entre casais na faixa dos 20 anos, como informou o Wall Street Journal ."Entre 1991 e 2006, o número de esposas infiéis com menos de 30 anos aumentou em 20% e o de maridos 45%. As informações são do site YourTango.

Mesmo sem saber os números exatos, a maioria das pessoas sabe da frequência das traições entre casais. Quem não foi traído já traiu ou conhece alguém que já enfrentou a situação: ou seja, a monogamia não funciona muito bem para os humanos. Pensando nisso, alguns casais fazem acordos de pequenas exceções de fidelidade sexual ou que possibilite mais liberdade, sem que seja preciso mentir. No acerto, há uma coisa que não pode ser quebrada: a honestidade.

Um estudo feito pela Sociedade Internacional de Medicina Sexual mostra que "as pessoas infiéis são menos propensas a praticar sexo seguro do que as que vivem em um relacionamento aberto” e sugere que os casais liberais ficam menos com outros parceiros do que os tradicionais. Mas como manter um relacionamento sadio e honesto? Veja algumas dicas reunidas pelo site, que indicam pistas para fortalecer a vida a dois e manter ambos menos propensos a crescerem separados. 
Mantenha as amizades: seus amigos trazem diferentes aspectos de sua personalidade, e essas relações ajudam você a não se perder no relacionamento. Bons amigos também oferecem atributos diversos às nossas vidas e podem dar apoio nos momentos difíceis; além de ajudarem a amenizar a pressão que depositamos em apenas uma pessoa ao nos relacionarmos.
Expanda o seu mundo: faça novos amigos e tente coisas novas. Uma pesquisa mostrou que ter um número considerável de amigos íntimos acrescenta anos à sua vida. Quando a pessoa fecha seu mundo para acomodar o outro, a relação sofre. Experimente novas atividades em conjunto com ele também, e esteja aberta aos interesses de cada um.
Continue sendo a pessoa que você era antes de começar a se relacionar: quando você desiste de aspectos próprios, deixa de ser a pessoa que conquistou o parceiro. Ao se moldar de acordo com ele, perde a vitalidade e prejudica a vida a dois.
Permita ao parceiro manter amigos (independentemente do sexo): ao restringir o movimento do seu parceiro, ele vai começar a se ressentir e pode perder o interesse na relação. Seu parceiro precisa manter os amigos pelas mesmas razões que você também tem essa necessidade.
Não minta nem omita: significa não se envolver em atividades com outros homens ou mulheres que não esteja disposta a contar ao parceiro. A verdade é a melhor escolha nessas situações. Quando as pessoas descobrem que foram enganadas por alguém querido, perdem a confiança.
Não fale sobre problemas de relacionamento com um affair: usar alguém que não é imparcial como confidente é imprudente e pode distanciar você do seu parceiro. Afinal, o interesse por essa outra pessoa pode intensificar as suas mágoas atuais.
Não cause ciúmes: esta é uma forma de manipulação. Mesmo que chame a atenção do parceiro, ele não vai gostar e pode, aos poucos, perder o interesse.
Não crie falsas expectativas em outras pessoas que possam estar interessadas emocionalmente em você: seja clara sobre seus limites. Se você quer apenas se divertir, expectativas podem levar o seu parceiro verdadeiro a sentir insegurança caso o affair comece a mandar flores e fazer declarações.


Fonte: Mulher Terra

publicado por radiomaisto às 07:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Como construir uma relação a dois baseada na Honestidade


Alguns casais fazem acordos de pequenas exceções de fidelidade sexual ou que possibilite mais liberdade, sem que seja preciso mentir. No acerto, há uma coisa que não pode ser quebrada: a honestidade.
Estudos mostram que entre 30% e 60% dos indivíduos casados nos Estados Unidos terão um caso fora do casamento em algum momento da vida. A infidelidade tem aumentado significativamente entre casais na faixa dos 20 anos, como informou o Wall Street Journal ."Entre 1991 e 2006, o número de esposas infiéis com menos de 30 anos aumentou em 20% e o de maridos 45%. As informações são do site YourTango.

Mesmo sem saber os números exatos, a maioria das pessoas sabe da frequência das traições entre casais. Quem não foi traído já traiu ou conhece alguém que já enfrentou a situação: ou seja, a monogamia não funciona muito bem para os humanos. Pensando nisso, alguns casais fazem acordos de pequenas exceções de fidelidade sexual ou que possibilite mais liberdade, sem que seja preciso mentir. No acerto, há uma coisa que não pode ser quebrada: a honestidade.

Um estudo feito pela Sociedade Internacional de Medicina Sexual mostra que "as pessoas infiéis são menos propensas a praticar sexo seguro do que as que vivem em um relacionamento aberto” e sugere que os casais liberais ficam menos com outros parceiros do que os tradicionais. Mas como manter um relacionamento sadio e honesto? Veja algumas dicas reunidas pelo site, que indicam pistas para fortalecer a vida a dois e manter ambos menos propensos a crescerem separados. 
Mantenha as amizades: seus amigos trazem diferentes aspectos de sua personalidade, e essas relações ajudam você a não se perder no relacionamento. Bons amigos também oferecem atributos diversos às nossas vidas e podem dar apoio nos momentos difíceis; além de ajudarem a amenizar a pressão que depositamos em apenas uma pessoa ao nos relacionarmos.
Expanda o seu mundo: faça novos amigos e tente coisas novas. Uma pesquisa mostrou que ter um número considerável de amigos íntimos acrescenta anos à sua vida. Quando a pessoa fecha seu mundo para acomodar o outro, a relação sofre. Experimente novas atividades em conjunto com ele também, e esteja aberta aos interesses de cada um.
Continue sendo a pessoa que você era antes de começar a se relacionar: quando você desiste de aspectos próprios, deixa de ser a pessoa que conquistou o parceiro. Ao se moldar de acordo com ele, perde a vitalidade e prejudica a vida a dois.
Permita ao parceiro manter amigos (independentemente do sexo): ao restringir o movimento do seu parceiro, ele vai começar a se ressentir e pode perder o interesse na relação. Seu parceiro precisa manter os amigos pelas mesmas razões que você também tem essa necessidade.
Não minta nem omita: significa não se envolver em atividades com outros homens ou mulheres que não esteja disposta a contar ao parceiro. A verdade é a melhor escolha nessas situações. Quando as pessoas descobrem que foram enganadas por alguém querido, perdem a confiança.
Não fale sobre problemas de relacionamento com um affair: usar alguém que não é imparcial como confidente é imprudente e pode distanciar você do seu parceiro. Afinal, o interesse por essa outra pessoa pode intensificar as suas mágoas atuais.
Não cause ciúmes: esta é uma forma de manipulação. Mesmo que chame a atenção do parceiro, ele não vai gostar e pode, aos poucos, perder o interesse.
Não crie falsas expectativas em outras pessoas que possam estar interessadas emocionalmente em você: seja clara sobre seus limites. Se você quer apenas se divertir, expectativas podem levar o seu parceiro verdadeiro a sentir insegurança caso o affair comece a mandar flores e fazer declarações.


Fonte: Mulher Terra

publicado por radiomaisto às 07:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Como construir uma relação a dois baseada na Honestidade


Alguns casais fazem acordos de pequenas exceções de fidelidade sexual ou que possibilite mais liberdade, sem que seja preciso mentir. No acerto, há uma coisa que não pode ser quebrada: a honestidade.
Estudos mostram que entre 30% e 60% dos indivíduos casados nos Estados Unidos terão um caso fora do casamento em algum momento da vida. A infidelidade tem aumentado significativamente entre casais na faixa dos 20 anos, como informou o Wall Street Journal ."Entre 1991 e 2006, o número de esposas infiéis com menos de 30 anos aumentou em 20% e o de maridos 45%. As informações são do site YourTango.

Mesmo sem saber os números exatos, a maioria das pessoas sabe da frequência das traições entre casais. Quem não foi traído já traiu ou conhece alguém que já enfrentou a situação: ou seja, a monogamia não funciona muito bem para os humanos. Pensando nisso, alguns casais fazem acordos de pequenas exceções de fidelidade sexual ou que possibilite mais liberdade, sem que seja preciso mentir. No acerto, há uma coisa que não pode ser quebrada: a honestidade.

Um estudo feito pela Sociedade Internacional de Medicina Sexual mostra que "as pessoas infiéis são menos propensas a praticar sexo seguro do que as que vivem em um relacionamento aberto” e sugere que os casais liberais ficam menos com outros parceiros do que os tradicionais. Mas como manter um relacionamento sadio e honesto? Veja algumas dicas reunidas pelo site, que indicam pistas para fortalecer a vida a dois e manter ambos menos propensos a crescerem separados. 
Mantenha as amizades: seus amigos trazem diferentes aspectos de sua personalidade, e essas relações ajudam você a não se perder no relacionamento. Bons amigos também oferecem atributos diversos às nossas vidas e podem dar apoio nos momentos difíceis; além de ajudarem a amenizar a pressão que depositamos em apenas uma pessoa ao nos relacionarmos.
Expanda o seu mundo: faça novos amigos e tente coisas novas. Uma pesquisa mostrou que ter um número considerável de amigos íntimos acrescenta anos à sua vida. Quando a pessoa fecha seu mundo para acomodar o outro, a relação sofre. Experimente novas atividades em conjunto com ele também, e esteja aberta aos interesses de cada um.
Continue sendo a pessoa que você era antes de começar a se relacionar: quando você desiste de aspectos próprios, deixa de ser a pessoa que conquistou o parceiro. Ao se moldar de acordo com ele, perde a vitalidade e prejudica a vida a dois.
Permita ao parceiro manter amigos (independentemente do sexo): ao restringir o movimento do seu parceiro, ele vai começar a se ressentir e pode perder o interesse na relação. Seu parceiro precisa manter os amigos pelas mesmas razões que você também tem essa necessidade.
Não minta nem omita: significa não se envolver em atividades com outros homens ou mulheres que não esteja disposta a contar ao parceiro. A verdade é a melhor escolha nessas situações. Quando as pessoas descobrem que foram enganadas por alguém querido, perdem a confiança.
Não fale sobre problemas de relacionamento com um affair: usar alguém que não é imparcial como confidente é imprudente e pode distanciar você do seu parceiro. Afinal, o interesse por essa outra pessoa pode intensificar as suas mágoas atuais.
Não cause ciúmes: esta é uma forma de manipulação. Mesmo que chame a atenção do parceiro, ele não vai gostar e pode, aos poucos, perder o interesse.
Não crie falsas expectativas em outras pessoas que possam estar interessadas emocionalmente em você: seja clara sobre seus limites. Se você quer apenas se divertir, expectativas podem levar o seu parceiro verdadeiro a sentir insegurança caso o affair comece a mandar flores e fazer declarações.


Fonte: Mulher Terra

publicado por radiomaisto às 03:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Como construir uma relação a dois baseada na Honestidade


Alguns casais fazem acordos de pequenas exceções de fidelidade sexual ou que possibilite mais liberdade, sem que seja preciso mentir. No acerto, há uma coisa que não pode ser quebrada: a honestidade.
Estudos mostram que entre 30% e 60% dos indivíduos casados nos Estados Unidos terão um caso fora do casamento em algum momento da vida. A infidelidade tem aumentado significativamente entre casais na faixa dos 20 anos, como informou o Wall Street Journal ."Entre 1991 e 2006, o número de esposas infiéis com menos de 30 anos aumentou em 20% e o de maridos 45%. As informações são do site YourTango.

Mesmo sem saber os números exatos, a maioria das pessoas sabe da frequência das traições entre casais. Quem não foi traído já traiu ou conhece alguém que já enfrentou a situação: ou seja, a monogamia não funciona muito bem para os humanos. Pensando nisso, alguns casais fazem acordos de pequenas exceções de fidelidade sexual ou que possibilite mais liberdade, sem que seja preciso mentir. No acerto, há uma coisa que não pode ser quebrada: a honestidade.

Um estudo feito pela Sociedade Internacional de Medicina Sexual mostra que "as pessoas infiéis são menos propensas a praticar sexo seguro do que as que vivem em um relacionamento aberto” e sugere que os casais liberais ficam menos com outros parceiros do que os tradicionais. Mas como manter um relacionamento sadio e honesto? Veja algumas dicas reunidas pelo site, que indicam pistas para fortalecer a vida a dois e manter ambos menos propensos a crescerem separados. 
Mantenha as amizades: seus amigos trazem diferentes aspectos de sua personalidade, e essas relações ajudam você a não se perder no relacionamento. Bons amigos também oferecem atributos diversos às nossas vidas e podem dar apoio nos momentos difíceis; além de ajudarem a amenizar a pressão que depositamos em apenas uma pessoa ao nos relacionarmos.
Expanda o seu mundo: faça novos amigos e tente coisas novas. Uma pesquisa mostrou que ter um número considerável de amigos íntimos acrescenta anos à sua vida. Quando a pessoa fecha seu mundo para acomodar o outro, a relação sofre. Experimente novas atividades em conjunto com ele também, e esteja aberta aos interesses de cada um.
Continue sendo a pessoa que você era antes de começar a se relacionar: quando você desiste de aspectos próprios, deixa de ser a pessoa que conquistou o parceiro. Ao se moldar de acordo com ele, perde a vitalidade e prejudica a vida a dois.
Permita ao parceiro manter amigos (independentemente do sexo): ao restringir o movimento do seu parceiro, ele vai começar a se ressentir e pode perder o interesse na relação. Seu parceiro precisa manter os amigos pelas mesmas razões que você também tem essa necessidade.
Não minta nem omita: significa não se envolver em atividades com outros homens ou mulheres que não esteja disposta a contar ao parceiro. A verdade é a melhor escolha nessas situações. Quando as pessoas descobrem que foram enganadas por alguém querido, perdem a confiança.
Não fale sobre problemas de relacionamento com um affair: usar alguém que não é imparcial como confidente é imprudente e pode distanciar você do seu parceiro. Afinal, o interesse por essa outra pessoa pode intensificar as suas mágoas atuais.
Não cause ciúmes: esta é uma forma de manipulação. Mesmo que chame a atenção do parceiro, ele não vai gostar e pode, aos poucos, perder o interesse.
Não crie falsas expectativas em outras pessoas que possam estar interessadas emocionalmente em você: seja clara sobre seus limites. Se você quer apenas se divertir, expectativas podem levar o seu parceiro verdadeiro a sentir insegurança caso o affair comece a mandar flores e fazer declarações.


Fonte: Mulher Terra

publicado por radiomaisto às 03:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sábado, 2 de Fevereiro de 2013

Ensaio sensual da Yasmin Assis


Fotos da modelo  Yasmin Assis 
Yasmin Assis - Neste Dia das Crianças, o Bella da Semana se superou! Escolheu a ninfeta mais gostosa do sul do Brasil para ilustrar as páginas do site com doçura, travessuras e muita sensualidade! Yasmin Assis é modelo desde pequena e hoje, com apenas 19 aninhos, estreia por aqui e mostra que veio pra ficar. Ela, que já foi assistente de palco de um programa de TV e ganhou concursos de beleza no Rio Grande do Sul, quer estudar Psicologia e investir na carreira fotográfica. Brincar com a imaginação é a especialidade da gaúcha que curte baladas e diz que sexo não é bom – é muito bom!
Data e local de nascimento:  11 de março de 1993, em Osório (RS).
Cidade onde mora: Osório (RS).
Signo: peixes.


Medidas
Altura: 1,60m.
Quadril: 93cm.
Cintura: 63cm.
Busto: 86cm.
Pés: 34.


 É verdade que você já concorreu ao Garota Verão? Conte-nos um pouquinho sobre essa experiência.Comecei desfilando no Garota Verão aos 14 anos, concorrendo pela minha cidade. Não consegui ser eleita no primeiro ano e depois participei outras vezes e também não consegui, talvez pelo fato de ser muito nova e não estar preparada. Em 2011, no entanto, participei por Itapeva (Balneário de Torres) e consegui. Em 2012 concorri por Mariápolis (Balneário de Osório) e também fui eleita! Foi uma experiência muito, mas muito bacana, e que ajudou bastante na minha desenvoltura.

Quer dizer então que você é apaixonada por fotos e desfiles desde pequena? Sou apaixonada por desfiles desde os meus 7 anos. Depois começaram a surgir trabalhos fotográficos que  fizeram me apaixonar mais ainda pela profissão!

Qual a maior loucura que você já fez para conseguir o que queria? Nunca fui muito de fazer loucuras para conseguir algo, pois sempre acreditei que tudo o que é para ser realmente meu vem de uma forma natural. Mas uma coisa que marcou foi ter saído escondida de casa, bem cedinho, sozinha, para uma seleção de modelos em Porto Alegre (RS).

Você também trabalhou como assistente de palco no Rio Grande do Sul, certo? Sim! Em 2011 trabalhei como assistente de palco em um programa gaúcho de televisão chamado Studio Pampa. Foi uma experiência ótima!

Você curte sair pra balada? Adoro balada com os amigos, às vezes até acabo ajudando a promover algumas.

E essa história de querer se tornar comissária de bordo, é verdade? É, sim. Assim que sai do programa de TV, em 2011, resolvi fazer o curso nessa área, mas acabei não concluindo. Desisti na última prova, pois percebi que não era bem isso que eu queria.

Qual é a sensação de ser muito, mas muito gostosa? Sinceramente não me acho gostosa, mas felizmente recebo muitos convites para os quais é preciso ser (ou acreditar ser) gostosa para que deem certo.

E o que você faz para manter tudo em cima? Vou à academia e mantenho uma boa alimentação.

Em três palavras, como você se definiria? Sincera, sonhadora e otimista!

Agora uma pergunta que os homens adoram: alguma mulher já deu em cima de você? Sim, acontece bastante, principalmente em festas. Mas acho que isso é natural com a modernidade de hoje...

Como foi o seu primeiro beijo? Foi bom! Fiquei um pouco nervosa, mas foi legal.

Conte-nos uma fantasia que você ainda não realizou: a princípio não tenho nenhuma fantasia em mente.

O que a excita? Não serei hipócrita. Sexo é bom. Aliás, muito bom! Porém o que me excita é a maneira como sou tratada no dia-a-dia, fazendo-me admirar meu parceiro e despertando em mim o desejo de tê-lo.

Se a sua calcinha falasse, o que ela diria agora? Se minha calcinha falasse... Ah, isso é segredo! (risos)

E a cueca do parceiro, faz diferença na hora do rala-e-rola? Não muito. Na verdade não sou muito detalhista!

Quais os planos para o futuro? Pretendo seguir a carreira de modelo e cursar Psicologia.

E o seu maior sonho? Ser reconhecida pelo meu trabalho, ter uma boa estabilidade e casar com a pessoa amada.

Você passou muito frio quando fez as fotos para o Bella da Semana? Muito mesmo! Mas nada que não dê para suportar. E só de pensar em como vão ficar as fotos, já me animo bastante!

No ensaio, podemos ver tanto um lado mais menina, quanto um lado mulherão. Qual deles você prefere? Na verdade gosto dos meus dois lados. Do lado menina pelo meu jeito meigo, e do lado mulherão por ser determinada. 



publicado por radiomaisto às 07:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Ensaio sensual da Yasmin Assis


Fotos da modelo  Yasmin Assis 
Yasmin Assis - Neste Dia das Crianças, o Bella da Semana se superou! Escolheu a ninfeta mais gostosa do sul do Brasil para ilustrar as páginas do site com doçura, travessuras e muita sensualidade! Yasmin Assis é modelo desde pequena e hoje, com apenas 19 aninhos, estreia por aqui e mostra que veio pra ficar. Ela, que já foi assistente de palco de um programa de TV e ganhou concursos de beleza no Rio Grande do Sul, quer estudar Psicologia e investir na carreira fotográfica. Brincar com a imaginação é a especialidade da gaúcha que curte baladas e diz que sexo não é bom – é muito bom!
Data e local de nascimento:  11 de março de 1993, em Osório (RS).
Cidade onde mora: Osório (RS).
Signo: peixes.


Medidas
Altura: 1,60m.
Quadril: 93cm.
Cintura: 63cm.
Busto: 86cm.
Pés: 34.


 É verdade que você já concorreu ao Garota Verão? Conte-nos um pouquinho sobre essa experiência.Comecei desfilando no Garota Verão aos 14 anos, concorrendo pela minha cidade. Não consegui ser eleita no primeiro ano e depois participei outras vezes e também não consegui, talvez pelo fato de ser muito nova e não estar preparada. Em 2011, no entanto, participei por Itapeva (Balneário de Torres) e consegui. Em 2012 concorri por Mariápolis (Balneário de Osório) e também fui eleita! Foi uma experiência muito, mas muito bacana, e que ajudou bastante na minha desenvoltura.

Quer dizer então que você é apaixonada por fotos e desfiles desde pequena? Sou apaixonada por desfiles desde os meus 7 anos. Depois começaram a surgir trabalhos fotográficos que  fizeram me apaixonar mais ainda pela profissão!

Qual a maior loucura que você já fez para conseguir o que queria? Nunca fui muito de fazer loucuras para conseguir algo, pois sempre acreditei que tudo o que é para ser realmente meu vem de uma forma natural. Mas uma coisa que marcou foi ter saído escondida de casa, bem cedinho, sozinha, para uma seleção de modelos em Porto Alegre (RS).

Você também trabalhou como assistente de palco no Rio Grande do Sul, certo? Sim! Em 2011 trabalhei como assistente de palco em um programa gaúcho de televisão chamado Studio Pampa. Foi uma experiência ótima!

Você curte sair pra balada? Adoro balada com os amigos, às vezes até acabo ajudando a promover algumas.

E essa história de querer se tornar comissária de bordo, é verdade? É, sim. Assim que sai do programa de TV, em 2011, resolvi fazer o curso nessa área, mas acabei não concluindo. Desisti na última prova, pois percebi que não era bem isso que eu queria.

Qual é a sensação de ser muito, mas muito gostosa? Sinceramente não me acho gostosa, mas felizmente recebo muitos convites para os quais é preciso ser (ou acreditar ser) gostosa para que deem certo.

E o que você faz para manter tudo em cima? Vou à academia e mantenho uma boa alimentação.

Em três palavras, como você se definiria? Sincera, sonhadora e otimista!

Agora uma pergunta que os homens adoram: alguma mulher já deu em cima de você? Sim, acontece bastante, principalmente em festas. Mas acho que isso é natural com a modernidade de hoje...

Como foi o seu primeiro beijo? Foi bom! Fiquei um pouco nervosa, mas foi legal.

Conte-nos uma fantasia que você ainda não realizou: a princípio não tenho nenhuma fantasia em mente.

O que a excita? Não serei hipócrita. Sexo é bom. Aliás, muito bom! Porém o que me excita é a maneira como sou tratada no dia-a-dia, fazendo-me admirar meu parceiro e despertando em mim o desejo de tê-lo.

Se a sua calcinha falasse, o que ela diria agora? Se minha calcinha falasse... Ah, isso é segredo! (risos)

E a cueca do parceiro, faz diferença na hora do rala-e-rola? Não muito. Na verdade não sou muito detalhista!

Quais os planos para o futuro? Pretendo seguir a carreira de modelo e cursar Psicologia.

E o seu maior sonho? Ser reconhecida pelo meu trabalho, ter uma boa estabilidade e casar com a pessoa amada.

Você passou muito frio quando fez as fotos para o Bella da Semana? Muito mesmo! Mas nada que não dê para suportar. E só de pensar em como vão ficar as fotos, já me animo bastante!

No ensaio, podemos ver tanto um lado mais menina, quanto um lado mulherão. Qual deles você prefere? Na verdade gosto dos meus dois lados. Do lado menina pelo meu jeito meigo, e do lado mulherão por ser determinada. 



publicado por radiomaisto às 07:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar

Ensaio sensual da Yasmin Assis


Fotos da modelo  Yasmin Assis 
Yasmin Assis - Neste Dia das Crianças, o Bella da Semana se superou! Escolheu a ninfeta mais gostosa do sul do Brasil para ilustrar as páginas do site com doçura, travessuras e muita sensualidade! Yasmin Assis é modelo desde pequena e hoje, com apenas 19 aninhos, estreia por aqui e mostra que veio pra ficar. Ela, que já foi assistente de palco de um programa de TV e ganhou concursos de beleza no Rio Grande do Sul, quer estudar Psicologia e investir na carreira fotográfica. Brincar com a imaginação é a especialidade da gaúcha que curte baladas e diz que sexo não é bom – é muito bom!
Data e local de nascimento:  11 de março de 1993, em Osório (RS).
Cidade onde mora: Osório (RS).
Signo: peixes.


Medidas
Altura: 1,60m.
Quadril: 93cm.
Cintura: 63cm.
Busto: 86cm.
Pés: 34.


 É verdade que você já concorreu ao Garota Verão? Conte-nos um pouquinho sobre essa experiência.Comecei desfilando no Garota Verão aos 14 anos, concorrendo pela minha cidade. Não consegui ser eleita no primeiro ano e depois participei outras vezes e também não consegui, talvez pelo fato de ser muito nova e não estar preparada. Em 2011, no entanto, participei por Itapeva (Balneário de Torres) e consegui. Em 2012 concorri por Mariápolis (Balneário de Osório) e também fui eleita! Foi uma experiência muito, mas muito bacana, e que ajudou bastante na minha desenvoltura.

Quer dizer então que você é apaixonada por fotos e desfiles desde pequena? Sou apaixonada por desfiles desde os meus 7 anos. Depois começaram a surgir trabalhos fotográficos que  fizeram me apaixonar mais ainda pela profissão!

Qual a maior loucura que você já fez para conseguir o que queria? Nunca fui muito de fazer loucuras para conseguir algo, pois sempre acreditei que tudo o que é para ser realmente meu vem de uma forma natural. Mas uma coisa que marcou foi ter saído escondida de casa, bem cedinho, sozinha, para uma seleção de modelos em Porto Alegre (RS).

Você também trabalhou como assistente de palco no Rio Grande do Sul, certo? Sim! Em 2011 trabalhei como assistente de palco em um programa gaúcho de televisão chamado Studio Pampa. Foi uma experiência ótima!

Você curte sair pra balada? Adoro balada com os amigos, às vezes até acabo ajudando a promover algumas.

E essa história de querer se tornar comissária de bordo, é verdade? É, sim. Assim que sai do programa de TV, em 2011, resolvi fazer o curso nessa área, mas acabei não concluindo. Desisti na última prova, pois percebi que não era bem isso que eu queria.

Qual é a sensação de ser muito, mas muito gostosa? Sinceramente não me acho gostosa, mas felizmente recebo muitos convites para os quais é preciso ser (ou acreditar ser) gostosa para que deem certo.

E o que você faz para manter tudo em cima? Vou à academia e mantenho uma boa alimentação.

Em três palavras, como você se definiria? Sincera, sonhadora e otimista!

Agora uma pergunta que os homens adoram: alguma mulher já deu em cima de você? Sim, acontece bastante, principalmente em festas. Mas acho que isso é natural com a modernidade de hoje...

Como foi o seu primeiro beijo? Foi bom! Fiquei um pouco nervosa, mas foi legal.

Conte-nos uma fantasia que você ainda não realizou: a princípio não tenho nenhuma fantasia em mente.

O que a excita? Não serei hipócrita. Sexo é bom. Aliás, muito bom! Porém o que me excita é a maneira como sou tratada no dia-a-dia, fazendo-me admirar meu parceiro e despertando em mim o desejo de tê-lo.

Se a sua calcinha falasse, o que ela diria agora? Se minha calcinha falasse... Ah, isso é segredo! (risos)

E a cueca do parceiro, faz diferença na hora do rala-e-rola? Não muito. Na verdade não sou muito detalhista!

Quais os planos para o futuro? Pretendo seguir a carreira de modelo e cursar Psicologia.

E o seu maior sonho? Ser reconhecida pelo meu trabalho, ter uma boa estabilidade e casar com a pessoa amada.

Você passou muito frio quando fez as fotos para o Bella da Semana? Muito mesmo! Mas nada que não dê para suportar. E só de pensar em como vão ficar as fotos, já me animo bastante!

No ensaio, podemos ver tanto um lado mais menina, quanto um lado mulherão. Qual deles você prefere? Na verdade gosto dos meus dois lados. Do lado menina pelo meu jeito meigo, e do lado mulherão por ser determinada. 



publicado por radiomaisto às 01:00
link do post | comentar | favorito
| partilhar

.Visita

contador de visitantes

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Dicas para ser uma tigres...

. 15 dúvidas sobre sexo na ...

. 15 dúvidas sobre sexo na ...

. Como construir uma relaçã...

. Como construir uma relaçã...

. Como construir uma relaçã...

. Como construir uma relaçã...

. Ensaio sensual da Yasmin ...

. Ensaio sensual da Yasmin ...

. Ensaio sensual da Yasmin ...

.arquivos

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.links

.Noticia 1

.Previsão do Tempo

.as minhas fotos

.subscrever feeds

SAPO Blogs