.Radio Mais

.Veja no blog da Radio Mais

Sexta-feira, 26 de Agosto de 2011

iPad brasileiro deve ficar para o ano que vem


Apple ipad

Ministro da Ciência e Tecnologia disse que os aparelhos estariam prontos neste semestre


Agência Estado


Os tablets da Apple que deveriam ser produzidos no Brasil ainda neste semestre e chegariam ao mercado para o Natal, de acordo com previsão feita em junho pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vão atrasar.


Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Evandro Oliveira Santos, embora já tenham sido selecionadas 800 pessoas para trabalhar na fábrica dos iPads, iPhones e iPods em Jundiaí, a nova unidade localizada no km 66 da rodovia Anhanguera ainda não está em funcionamento.


- Nós já imaginávamos isso. Os iPads produzidos aqui devem chegar ao mercado em 2012 e não este ano. A fábrica já está selecionando e vai começar a contratar.


A expectativa do sindicato é de que 3.000 pessoas sejam contratadas.


O investimento anunciado pela multinacional taiwanesa no Brasil, durante visita da presidente Dilma Rousseff à China em abril, foi de R$ 12 bilhões.


A assessoria de imprensa da Foxconn manteve o discurso de que não se pronunciará sobre o assunto e que as informações divulgadas não são oficiais. A Foxconn já possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) para instalação e já existe movimentação no local escolhido para a realização da obra do galpão que abrigará a produção de tablets e smartphones.


A prefeitura informou que o pedido de alvará para funcionamento do novo galpão da Foxconn foi feito em 14 de julho, mas ainda não foi liberado pela administração, que aguarda parte da documentação.





Fonte: R7

publicado por radiomaisto às 00:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar

iPad brasileiro deve ficar para o ano que vem


Apple ipad

Ministro da Ciência e Tecnologia disse que os aparelhos estariam prontos neste semestre


Agência Estado


Os tablets da Apple que deveriam ser produzidos no Brasil ainda neste semestre e chegariam ao mercado para o Natal, de acordo com previsão feita em junho pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vão atrasar.


Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Evandro Oliveira Santos, embora já tenham sido selecionadas 800 pessoas para trabalhar na fábrica dos iPads, iPhones e iPods em Jundiaí, a nova unidade localizada no km 66 da rodovia Anhanguera ainda não está em funcionamento.


- Nós já imaginávamos isso. Os iPads produzidos aqui devem chegar ao mercado em 2012 e não este ano. A fábrica já está selecionando e vai começar a contratar.


A expectativa do sindicato é de que 3.000 pessoas sejam contratadas.


O investimento anunciado pela multinacional taiwanesa no Brasil, durante visita da presidente Dilma Rousseff à China em abril, foi de R$ 12 bilhões.


A assessoria de imprensa da Foxconn manteve o discurso de que não se pronunciará sobre o assunto e que as informações divulgadas não são oficiais. A Foxconn já possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) para instalação e já existe movimentação no local escolhido para a realização da obra do galpão que abrigará a produção de tablets e smartphones.


A prefeitura informou que o pedido de alvará para funcionamento do novo galpão da Foxconn foi feito em 14 de julho, mas ainda não foi liberado pela administração, que aguarda parte da documentação.





Fonte: R7

publicado por radiomaisto às 00:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar

iPad brasileiro deve ficar para o ano que vem


Apple ipad

Ministro da Ciência e Tecnologia disse que os aparelhos estariam prontos neste semestre


Agência Estado


Os tablets da Apple que deveriam ser produzidos no Brasil ainda neste semestre e chegariam ao mercado para o Natal, de acordo com previsão feita em junho pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vão atrasar.


Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Evandro Oliveira Santos, embora já tenham sido selecionadas 800 pessoas para trabalhar na fábrica dos iPads, iPhones e iPods em Jundiaí, a nova unidade localizada no km 66 da rodovia Anhanguera ainda não está em funcionamento.


- Nós já imaginávamos isso. Os iPads produzidos aqui devem chegar ao mercado em 2012 e não este ano. A fábrica já está selecionando e vai começar a contratar.


A expectativa do sindicato é de que 3.000 pessoas sejam contratadas.


O investimento anunciado pela multinacional taiwanesa no Brasil, durante visita da presidente Dilma Rousseff à China em abril, foi de R$ 12 bilhões.


A assessoria de imprensa da Foxconn manteve o discurso de que não se pronunciará sobre o assunto e que as informações divulgadas não são oficiais. A Foxconn já possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) para instalação e já existe movimentação no local escolhido para a realização da obra do galpão que abrigará a produção de tablets e smartphones.


A prefeitura informou que o pedido de alvará para funcionamento do novo galpão da Foxconn foi feito em 14 de julho, mas ainda não foi liberado pela administração, que aguarda parte da documentação.





Fonte: R7

publicado por radiomaisto às 00:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar

iPad brasileiro deve ficar para o ano que vem


Apple ipad

Ministro da Ciência e Tecnologia disse que os aparelhos estariam prontos neste semestre


Agência Estado


Os tablets da Apple que deveriam ser produzidos no Brasil ainda neste semestre e chegariam ao mercado para o Natal, de acordo com previsão feita em junho pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vão atrasar.


Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Evandro Oliveira Santos, embora já tenham sido selecionadas 800 pessoas para trabalhar na fábrica dos iPads, iPhones e iPods em Jundiaí, a nova unidade localizada no km 66 da rodovia Anhanguera ainda não está em funcionamento.


- Nós já imaginávamos isso. Os iPads produzidos aqui devem chegar ao mercado em 2012 e não este ano. A fábrica já está selecionando e vai começar a contratar.


A expectativa do sindicato é de que 3.000 pessoas sejam contratadas.


O investimento anunciado pela multinacional taiwanesa no Brasil, durante visita da presidente Dilma Rousseff à China em abril, foi de R$ 12 bilhões.


A assessoria de imprensa da Foxconn manteve o discurso de que não se pronunciará sobre o assunto e que as informações divulgadas não são oficiais. A Foxconn já possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) para instalação e já existe movimentação no local escolhido para a realização da obra do galpão que abrigará a produção de tablets e smartphones.


A prefeitura informou que o pedido de alvará para funcionamento do novo galpão da Foxconn foi feito em 14 de julho, mas ainda não foi liberado pela administração, que aguarda parte da documentação.





Fonte: R7

publicado por radiomaisto às 00:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar

iPad brasileiro deve ficar para o ano que vem


Apple ipad

Ministro da Ciência e Tecnologia disse que os aparelhos estariam prontos neste semestre


Agência Estado


Os tablets da Apple que deveriam ser produzidos no Brasil ainda neste semestre e chegariam ao mercado para o Natal, de acordo com previsão feita em junho pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vão atrasar.


Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Evandro Oliveira Santos, embora já tenham sido selecionadas 800 pessoas para trabalhar na fábrica dos iPads, iPhones e iPods em Jundiaí, a nova unidade localizada no km 66 da rodovia Anhanguera ainda não está em funcionamento.


- Nós já imaginávamos isso. Os iPads produzidos aqui devem chegar ao mercado em 2012 e não este ano. A fábrica já está selecionando e vai começar a contratar.


A expectativa do sindicato é de que 3.000 pessoas sejam contratadas.


O investimento anunciado pela multinacional taiwanesa no Brasil, durante visita da presidente Dilma Rousseff à China em abril, foi de R$ 12 bilhões.


A assessoria de imprensa da Foxconn manteve o discurso de que não se pronunciará sobre o assunto e que as informações divulgadas não são oficiais. A Foxconn já possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) para instalação e já existe movimentação no local escolhido para a realização da obra do galpão que abrigará a produção de tablets e smartphones.


A prefeitura informou que o pedido de alvará para funcionamento do novo galpão da Foxconn foi feito em 14 de julho, mas ainda não foi liberado pela administração, que aguarda parte da documentação.





Fonte: R7

publicado por radiomaisto às 00:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar

iPad brasileiro deve ficar para o ano que vem


Apple ipad

Ministro da Ciência e Tecnologia disse que os aparelhos estariam prontos neste semestre


Agência Estado


Os tablets da Apple que deveriam ser produzidos no Brasil ainda neste semestre e chegariam ao mercado para o Natal, de acordo com previsão feita em junho pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vão atrasar.


Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Evandro Oliveira Santos, embora já tenham sido selecionadas 800 pessoas para trabalhar na fábrica dos iPads, iPhones e iPods em Jundiaí, a nova unidade localizada no km 66 da rodovia Anhanguera ainda não está em funcionamento.


- Nós já imaginávamos isso. Os iPads produzidos aqui devem chegar ao mercado em 2012 e não este ano. A fábrica já está selecionando e vai começar a contratar.


A expectativa do sindicato é de que 3.000 pessoas sejam contratadas.


O investimento anunciado pela multinacional taiwanesa no Brasil, durante visita da presidente Dilma Rousseff à China em abril, foi de R$ 12 bilhões.


A assessoria de imprensa da Foxconn manteve o discurso de que não se pronunciará sobre o assunto e que as informações divulgadas não são oficiais. A Foxconn já possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) para instalação e já existe movimentação no local escolhido para a realização da obra do galpão que abrigará a produção de tablets e smartphones.


A prefeitura informou que o pedido de alvará para funcionamento do novo galpão da Foxconn foi feito em 14 de julho, mas ainda não foi liberado pela administração, que aguarda parte da documentação.





Fonte: R7

publicado por radiomaisto às 00:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar

iPad brasileiro deve ficar para o ano que vem


Apple ipad

Ministro da Ciência e Tecnologia disse que os aparelhos estariam prontos neste semestre


Agência Estado


Os tablets da Apple que deveriam ser produzidos no Brasil ainda neste semestre e chegariam ao mercado para o Natal, de acordo com previsão feita em junho pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vão atrasar.


Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Evandro Oliveira Santos, embora já tenham sido selecionadas 800 pessoas para trabalhar na fábrica dos iPads, iPhones e iPods em Jundiaí, a nova unidade localizada no km 66 da rodovia Anhanguera ainda não está em funcionamento.


- Nós já imaginávamos isso. Os iPads produzidos aqui devem chegar ao mercado em 2012 e não este ano. A fábrica já está selecionando e vai começar a contratar.


A expectativa do sindicato é de que 3.000 pessoas sejam contratadas.


O investimento anunciado pela multinacional taiwanesa no Brasil, durante visita da presidente Dilma Rousseff à China em abril, foi de R$ 12 bilhões.


A assessoria de imprensa da Foxconn manteve o discurso de que não se pronunciará sobre o assunto e que as informações divulgadas não são oficiais. A Foxconn já possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) para instalação e já existe movimentação no local escolhido para a realização da obra do galpão que abrigará a produção de tablets e smartphones.


A prefeitura informou que o pedido de alvará para funcionamento do novo galpão da Foxconn foi feito em 14 de julho, mas ainda não foi liberado pela administração, que aguarda parte da documentação.





Fonte: R7

publicado por radiomaisto às 00:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar

iPad brasileiro deve ficar para o ano que vem


Apple ipad

Ministro da Ciência e Tecnologia disse que os aparelhos estariam prontos neste semestre


Agência Estado


Os tablets da Apple que deveriam ser produzidos no Brasil ainda neste semestre e chegariam ao mercado para o Natal, de acordo com previsão feita em junho pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, vão atrasar.


Segundo o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região, Evandro Oliveira Santos, embora já tenham sido selecionadas 800 pessoas para trabalhar na fábrica dos iPads, iPhones e iPods em Jundiaí, a nova unidade localizada no km 66 da rodovia Anhanguera ainda não está em funcionamento.


- Nós já imaginávamos isso. Os iPads produzidos aqui devem chegar ao mercado em 2012 e não este ano. A fábrica já está selecionando e vai começar a contratar.


A expectativa do sindicato é de que 3.000 pessoas sejam contratadas.


O investimento anunciado pela multinacional taiwanesa no Brasil, durante visita da presidente Dilma Rousseff à China em abril, foi de R$ 12 bilhões.


A assessoria de imprensa da Foxconn manteve o discurso de que não se pronunciará sobre o assunto e que as informações divulgadas não são oficiais. A Foxconn já possui licença da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) para instalação e já existe movimentação no local escolhido para a realização da obra do galpão que abrigará a produção de tablets e smartphones.


A prefeitura informou que o pedido de alvará para funcionamento do novo galpão da Foxconn foi feito em 14 de julho, mas ainda não foi liberado pela administração, que aguarda parte da documentação.





Fonte: R7

publicado por radiomaisto às 00:05
link do post | comentar | favorito
| partilhar
Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

61% das armadilhas para furtar dados pessoais na internet são cópias do Orkut

computador cadeado
Páginas que simulam bancos representam 38% dos golpes de phishing no país


O Orkut, rede social mais usada no Brasil, é o site que tem mais versões falsas criadas por hackers para roubar dados de usuários no país. O objetivo é aplicar um tipo de golpe chamado phishing, que tenta confundir o internauta e fazer com que ele forneça informações importantes, como senhas.

Os dados são de uma pesquisa feita pela empresa de segurança Symantec, que apontou também que as marcas brasileiras respondem por um em cada 20 sites fraudulentos em todo o mundo.

Do total de sites brasileiros falsos, 61% eram páginas que simulavam ser a rede social Orkut, segundo apuração do R7. Oficialmente, a equipe Norton da Symantec, responsável pelo estudo, não divulga o nome dos sites simulados. Os outros 38% simulavam ser bancos. 1% simulava ser uma empresa aérea.

O usuário que cai no golpe pode ter o computador infectado por vírus e controlado por um hacker. Outro objetivo dos criminosos é furtar as informações pessoais e financeiras.

O analista de vírus da Kaspersky, empresa desenvolvedora de softwares de segurança, Fábio Assolini afirma que o objetivo dos hackers que simulam páginas de redes sociais é roubar a senha do usuário para tomar o perfil.

– Assim, o hacker consegue disseminar o vírus mais rapidamente. Muitas vezes, os usuários clicam sem pensar duas vezes em links indicados por amigos.

Procurado, o Google, proprietário do Orkut, não se pronunciou sobre o assunto. O Orkut é a maior rede social do Brasil,
mais de 30 milhões de visitantes únicos mensais.

Triplo de golpes

Em um ano, a quantidade de sites de phishing triplicou no Brasil, de acordo com o levantamento que tomou como base cerca de 60 milhões de usuários de softwares de segurança da Symantec. Bruno Rossini, gerente de relações públicas da empresa, atribui o crescimento à falta de conhecimento e de informação do usuário brasileiro.

– Os computadores estão cada vez mais acessíveis, porém as pessoas não estão tendo a educação necessária para navegar na internet de forma segura.

A Symantec, líder mundial em softwares de segurança, cruzou os dados de mais de 60 milhões de usuários para chegar a essas conclusões.

Denúncia

O gerente de tecnologia da informação da Módulo, empresa especializada em soluções de segurança corporativa, Leandro De Bom, aponta três ações que os usuários podem tomar para ajudar a combater os sites de phishing:

1) Denunciar o site para o CGI (
Comitê Gestor da Internet no Brasil);

2) Alertar a empresa;

3) Notificar a polícia, caso houver uma delegacia especializada em crimes de internet - Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo possuem distritos policiais desse tipo.



Por dentro

Um outro estudo divulgado em maio deste ano apontou um crescimento de 1.200% nos casos de golpes de phishing dentro das redes sociais em um ano.

De acordo com o estudo da Microsoft, estes ataques representavam, um ano antes, menos de 10% de todas as fraudes cometidas por meio de sites de relacionamento. No fim de 2010, esta proporção aumentou para 85%.



Fonte: R7


publicado por radiomaisto às 04:40
link do post | comentar | favorito
| partilhar

61% das armadilhas para furtar dados pessoais na internet são cópias do Orkut

computador cadeado
Páginas que simulam bancos representam 38% dos golpes de phishing no país


O Orkut, rede social mais usada no Brasil, é o site que tem mais versões falsas criadas por hackers para roubar dados de usuários no país. O objetivo é aplicar um tipo de golpe chamado phishing, que tenta confundir o internauta e fazer com que ele forneça informações importantes, como senhas.

Os dados são de uma pesquisa feita pela empresa de segurança Symantec, que apontou também que as marcas brasileiras respondem por um em cada 20 sites fraudulentos em todo o mundo.

Do total de sites brasileiros falsos, 61% eram páginas que simulavam ser a rede social Orkut, segundo apuração do R7. Oficialmente, a equipe Norton da Symantec, responsável pelo estudo, não divulga o nome dos sites simulados. Os outros 38% simulavam ser bancos. 1% simulava ser uma empresa aérea.

O usuário que cai no golpe pode ter o computador infectado por vírus e controlado por um hacker. Outro objetivo dos criminosos é furtar as informações pessoais e financeiras.

O analista de vírus da Kaspersky, empresa desenvolvedora de softwares de segurança, Fábio Assolini afirma que o objetivo dos hackers que simulam páginas de redes sociais é roubar a senha do usuário para tomar o perfil.

– Assim, o hacker consegue disseminar o vírus mais rapidamente. Muitas vezes, os usuários clicam sem pensar duas vezes em links indicados por amigos.

Procurado, o Google, proprietário do Orkut, não se pronunciou sobre o assunto. O Orkut é a maior rede social do Brasil,
mais de 30 milhões de visitantes únicos mensais.

Triplo de golpes

Em um ano, a quantidade de sites de phishing triplicou no Brasil, de acordo com o levantamento que tomou como base cerca de 60 milhões de usuários de softwares de segurança da Symantec. Bruno Rossini, gerente de relações públicas da empresa, atribui o crescimento à falta de conhecimento e de informação do usuário brasileiro.

– Os computadores estão cada vez mais acessíveis, porém as pessoas não estão tendo a educação necessária para navegar na internet de forma segura.

A Symantec, líder mundial em softwares de segurança, cruzou os dados de mais de 60 milhões de usuários para chegar a essas conclusões.

Denúncia

O gerente de tecnologia da informação da Módulo, empresa especializada em soluções de segurança corporativa, Leandro De Bom, aponta três ações que os usuários podem tomar para ajudar a combater os sites de phishing:

1) Denunciar o site para o CGI (
Comitê Gestor da Internet no Brasil);

2) Alertar a empresa;

3) Notificar a polícia, caso houver uma delegacia especializada em crimes de internet - Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo possuem distritos policiais desse tipo.



Por dentro

Um outro estudo divulgado em maio deste ano apontou um crescimento de 1.200% nos casos de golpes de phishing dentro das redes sociais em um ano.

De acordo com o estudo da Microsoft, estes ataques representavam, um ano antes, menos de 10% de todas as fraudes cometidas por meio de sites de relacionamento. No fim de 2010, esta proporção aumentou para 85%.



Fonte: R7


publicado por radiomaisto às 04:40
link do post | comentar | favorito
| partilhar

.Visita

contador de visitantes

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Melhores apps de Windows ...

. Infográfico mostra a traj...

. Game of Thrones, Imagens ...

. COM TRÊS GOLS DE HENRIQUE...

. Valdivia explica "desabaf...

. Confira a sinopse do segu...

. Saga Crepúsculo ganhará c...

. Orkuti: brasileiro cria r...

. 10 curiosidades muito int...

. As 17 árvores mais incrív...

.arquivos

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

.tags

. todas as tags

.links

.Noticia 1

.Previsão do Tempo

.as minhas fotos

.subscrever feeds

SAPO Blogs